mostra de arte

exposições

cores que falam (1998)

A primeira exposição que realizei foi no ano de 1998, no Salão de Exposições do Museu Histórico e Pedagógico de Porto Feliz. Eu tinha 21 anos e, nesta época, passava os domingos pintando ao vivo em lugares diferentes de Porto Feliz. 

Quando juntei certa quantia de telas pintadas, procurei o Sr. Romeu Castelucci que trabalhava no museu e agendei a exposição que organizamos com a ajuda da Sonia Belon, que também trabalhava com Seu Romeu, na época. Com minha técnica ainda bastante primária, as telas apresentavam uma paleta infinita de cores que se misturavam e gritavam aos olhos. Assim, chamei esta exposição de “Cores Que Falam”.

Num período onde as atuais redes sociais eram inimagináveis, nem celular tínhamos (eu, pelo menos, não tinha), imprimi alguns cartazes e preguei pessoalmente em pontos estratégicos como padarias e escolas, convidando a população a prestigiar a exposição, bem como alguns convites que levei de porta em porta aos amigos, antigos professores e pessoas que eu conhecia.

Cores Que Falam também foi exposta no Hall Principal do Banco do Brasil, meses depois. Não me recordo quantas telas expus, mas sei que vendi uma tela a mais que Van Gogh em toda sua carreira. Um total de 2 quadros vendidos na exposição.

ilustre porto (2017)

Anos mais tarde, praticamente 20 anos depois da primeira exposição, em 2017 criei o projeto Ilustre Porto cujo objetivo era levar arte para o comércio local, como um atrativo de visitação ao estabelecimento, com pequenas exposições. A primeira mostra de arte do projeto aconteceu em março de 2017 na Monções Jóias, empresa da querida amiga Nilcelia Rando que abriu suas portas depois de insistentes pedidos infrutíferos para expor no shopping local.

Para tornar possível esta ideia, contei com o apoio de empresas locais, as quais serei sempre grato: Brunisa Confecções, Arruda Marmoraria, Fazenda São João, Constal Empreendimentos, Alcalá Ramos, Imobiliária Porto Feliz e Guerini Planejamentos, que patrocinaram a produção dos expositores, bem como a impressão dos painéis com as minhas ilustrações. O projeto Ilustre Porto não seria possível sem o apoio de pessoas que acreditam na cultura de Porto Feliz.

O nome ILUSTRE PORTO faz menção ao verbo ILUSTRAR no presente do indicativo, um convite à ilustração desta peculiar cidade, Porto Feliz, minha musa inspiradora.

Nesta época já existiam as redes sociais. Siga a Ilustre Porto no Facebook.

gente de porto (2021)

A exposição Gente de Porto aconteceu através de um convite do Secretário de Cultura de Porto Feliz, Bruno Mendonça, que ao acompanhar o Projeto Gente de Porto no Facebook me ligou querendo fazer alguma coisa com ele. Ao visita-lo, vislumbrei a possibilidade de realizarmos a exposição no próprio salão da casa onde abriga a Secretaria, assim nasceu o Salão Nobre da Cultura de Porto Feliz que foi inaugurado com esta 1ª mostra de arte, sendo a minha 3ª exposição em Porto Feliz que aconteceu entre os dias nos dias 23/07 a 14/08 de 2021.

O Projeto GENTE DE PORTO que começou com uma brincadeira nas redes sociais (saiba mais aqui) ganhou as páginas dos principais veículos de comunicação impressa local e foi parar na Rede Globo como destaque no programa Revista de Sábado da TV Tem Sorcaba.

Confira a matéria aqui: 

https://gshow.globo.com/TV-Tem/Revista-de-Sabado/noticia/reveja-o-revista-em-porto-feliz-1.ghtml

a última monção (2021)

Com o recém-inaugurado Salão Nobre da Cultura, o Secretário de Cultura Bruno Mendonça me pediu uma ajuda para organizar uma exposição coletiva para a Semana das Monções que ocorreria no mês de outubro, 2 meses após a mostra Gente de Porto.

Eu já tinha um projeto em mente de ilustrar o texto de Francisco Nardy Filho sobre a Última Monção, extraído do livro A Cidade e o Rio, do historiador e amigo Jonas Soares de Souza. Desta forma, foi só adaptar a ideia convidando todos os artistas da cidade para participar.

Esta exposição traz, pela primeira vez na história contada pelas gerações passadas, a representação ilustrada da Última Monção atribuída a Fermino Ferreira que, pela narrativa do historiador Francisco Nardy Filho para o jornal O ESTADO DE SÃO PAULO, de 29 de julho de 1938, foi a última expedição que partiu do Porto de Araritaguaba.  O notável porto-felicense Dr. Cesário Mota Júnior conta a trágica história dessa expedição que não teve um final feliz.  O artigo inserido no livro “A Cidade e o Rio – Araritaguaba, o Porto Feliz”, uma coletânea organizada pelo ilustre Professor Jonas Soares de Souza, serve de inspiração e tema para os artistas que se propuseram a participar desta Mostra de Arte sobre esta Monção que, curiosamente é a última que se tem registro.

Confira aqui as ilustrações que fiz para esta mostra.

memórias de porto feliz (2021)

Memórias de Porto Feliz é um projeto idealizado e realizado pelo Advogado, Escritor, Radialista e Pesquisador Reinaldo Crocco Júnior, com a finalidade de preservar e divulgar a nossa história. Da simples condição de povoamento ou arraial em 1693, passando à freguesia em 1728, à vila em 1797, à cidade em 1858 e até os dias atuais, Porto Feliz registra fatos e situações fantásticos, diretamente ligados à própria história do Brasil, que não podem ser esquecidos. O principal motivo do projeto é contribuir para que os momentos históricos e os “causos” relacionados ao Município e à nossa gente, jamais se percam nas noites dos tempos.  

No final do ano de 2021 organizei uma exposição no Salão Nobre da Cultura de Porto Feliz, selecionando com o amigo Croquinho os textos que fariam parte da mostra, os quais ilustrei com algumas charges os causos pitorescos bem como montei todos os painéis que fizeram parte da Mostra Memórias de Porto Feliz que fechou o 1º ano do Salão Nobre com chave de ouro, juntamente com o Secretário de Cultura, Bruno Mendonça, que se incumbiu do coquetel e música ao vivo no dia da vernissage que aconteceu em  18 de novembro de 2021.

Saiba mais sobre o Memórias de Porto Feliz na página do Facebook do projeto:

Clique Aqui

ilustre porto (2022)

 ILUSTRE PORTO é uma idealização que ilustra cenários da cidade de Porto Feliz. O projeto nasceu em 2017 com a intenção de levar a arte para os estabelecimentos comerciais e, assim, ser um atrativo de fomento para as vendas. A primeira exposição ilustrou o salão comercial da Monções Jóias, em 18 de agosto do mesmo ano. 

Neste ano de 2022, com novas ilustrações vetoriais (criadas em programas de computador) de novos cenários de Porto Feliz, levei para o Salão Nobre 8 painéis de 150×100 cm em PS adesivado fosco e, por ter uma leitura mais lúdica, expus em cavaletes na altura dos olhos de uma criança. Assim, a Secretaria de Educação levou todas as escolas da rede pública e privada para visitação. A criançada ficou encantada e me deixou muito satisfeito.

O projeto também é voltado para divulgação e exposição dos artistas locais, através da arte do desenho desta ilustre Porto Feliz. Nesta exposição, fiz um convite para as crianças também ilustrarem algum ponto da cidade com a pretensão de realizar, juntamente com a Secretaria de Cultura, uma exposição dos trabalhos destes pequenos artistas de Porto Feliz.

outras obras

Nas artes plásticas, mais especificamente na pintura, nunca fiz nenhum curso na área, mas, curioso que sou, sempre pesquisei sobre o assunto. Antes, quando não havia internet disponível, comprava revistas em bancas, depois, claro, caí no mundo das artes na rede mundial de computadores.

Autodidata, sempre misturei as tintas de acordo com a percepção que tinha da obra que pintava. Logicamente, muitas delas foram cópias e obras famosas que me deram algum embasamento para poder pintar algumas autorais.

Embora não tenha encontrado um estilo que me defina, continuo arriscando nas pinceladas incertas. Tem dias que sai um quadro que eu gosto, tem dias que não e, então, pinto outro por cima. Assim, vou passando as horas (quando as tenho para descanso).

Abaixo você confere algumas destas telas que pinto nas horas vagas, muitas delas encomendas, outras, sem muito comprometimento com a finalização, estudos e telas autorais. Dependendo do dia, do humor e do clima, as vezes sai alguma coisa boa.

Espero que goste!